Archive for novembro \26\UTC 2011

Apenas falando:

26 de novembro de 2011

Até onde vai sua confiança, seja em pessoas, em instituiçóes, em sua crença etc…
Hoje, mais uma sexta-feira, dia de reuniãocom dependentes químicos na igreja, e mesmo depois de dezessete anos, acompanhando, participando, ao falarmoscom estas pessoas, ávidas por sair do inferno particular, em que se colocaram, a pergunta que fica no ar é: COMO ANDA SUA CONFIANÇA NA VIDA, E EM TUDO QUE O RODEIA?
Ao olharmos nos olhos dos que nos procuram, a sensação de vazio que encontramos, em algumas vezes, nos colocamos á pensar, que tipo de oferta esta vida está aberta a aceitar?
Quando começamos á falar, sobre todos os estágios da degradação a que a droga irá, fatalmente conduzir, caso o dependente não aceite a ajuda que prestamos, nós estamos tentando, á princípio, é fazer uma oferta, e ela é exatamente a tábua de salvação, que ele ( dependente ), precisa.
Quem em sã consciência irá crer, que esta pessoa irá dar ouvidos, á tudo que falamos.
A oferta, passa a ser, comparativamente, a que se confie em alguém, a porta de um local, e se a pessoa aceita, entrar ali, de olhos vendados, ou seja confiar em uma pessoa que ela não conhece.
A dedução que faço, é a de que se ela confiou cegamente em alguém que lhe disse experimente!, vai lá, se não gostar naõ continue. Mas, quem oferece drogas, sabe bem o que faz, e sabe, que a chantagem, do tipo: ” Voce já é grandinho, cadê a coragem? Aqui só fica quem tem coragem e experimenta, e se voce é meu amigo, vai nessa!”. E o ” AMIGO “, sabe que com este, e, mais um pouco de chantagem emocional, mexendo, com os brios do amigo, ele sabe o que irá acontecer!
Confiança, é algo que navega, em mares nem sempre conhecidos, sabe-se que mais dia menos dia uma tempestade virá, mas insiste, em navegar, esta é sua escolha, este é seu desafio.
A oferta de drogas, tem sempre componentes, que quem oferece, sabe de cor e salteado, onde irá dar, para cada dez ofertas, ele recolhe no máximo quatro NÃOS, e ele sabe conviver com isto.
Todo dependente, em quase sua totalidade, embarcou, na confiança, primeiro de que: quem fica dependente é fraco, e ele é forte, ou, quem cai e babaca e ele é: O ESPERTO.
Nós que somos Cristãos, sabemos em quem depositar nossa confiança, e, em canticos até chamamos nossa confiança de tesouro, e cremos que em quem confiamos é fiel em guardar este nosso TESOURO.
Confiança, conselho, ajuda, aval, toda estas circunstâncias, e assim defino, pois todas estas ofertas vem de circunstâncias, seja de sofrimento, de necessidade, de dor, de perda, a nossa oferta parta estas CIRCUNSTÂNCIAS, se baseia na confiabilidade, e na credibilidade, que com o passar dos tempos, nós adquirimos, e volto a falar, se te ofereces, como cristão, para auxiliar, alguém, saiba que corres o risco de se queimar, caso estejas oferecendo teu EU, como avalista, e não, JESUS, para es ta tarefa.
Credibilidade, não se compra, nem se vende… SE CONQUISTA, e, se confiastes um dia em seu REMIDOR, continue a crer, que sua credibilidade, passa primeiro, por ELE, e depois por voce, se voce confia e crê, ele te concede seu aval, sua chancela é pesada, e valiosa, saiba oferecer confiança, para conquistar um dependente, pois ele depende de JESUS, e não de voce.

Anúncios

Falando sobre drogas

24 de novembro de 2011

Ainda, a Folha de São Paulo, caderno ilustrada, pag. E 16.
Nesta página, o Dr. DRAUSIO VARELLA, escreve, em sua matéria para o jornal, sobre o CIGARRO, e ele afirma: ” O CIGARRO É O MAIS ABJETO DOS CRIMES JÁ COMETIDO PELO CAPITALISMO INTERNACIONAL.”.
E, ele continua sua fala, e acrescenta a estimativa de que um pequeno grupo de meia dúzia de grupos multinacionais, espalharam CINCO MILHÕES DE MORTOS AO REDOR DO MUNDO, DUZENTOS MIL, ( 200 MIL), SÓ NO BRASIL. E, ainda o Dr. Drausio, afirma que 75% dos fumantes, tornam-se dependentes antes dos 18 anos, muitos outros se viciam, aos 12, 13 anos, ou alguns até antes. Depois dos 25 anos somente 5%, e conhecendo, e patrocinando pesquisas, e estatísticas, os fabricantes desta ” maldição “, fazem de tudo para aliciar as crianças, espalham pontos de vendas, perto de escolas, colocando seus maços coloridos, entre balas, chicletes, chocolates e encontram-se até em bancas de jornais, em meio á revistas infantis.
E, agora, próximo ao ano da copa do mundo no Brasil, querem liberar BEBIDAS ALCÓOLICAS, NOS ESTÁDIOS, cedendo á pressão da FIFA, que visa lucros apenas, e com a qualidade dos políticos sem pedigree, em nosso país, vai ser fácil, pois políticos cá entre nós é produto de compra a preços módicos, tamanha é falta de ética, de circulação de sangue na cara, pois o sangue, não circula em madeira.
Também, com a chegada da corrida de F 1, políticos inclusive do antigo Partidão, do antigamente impoluto, segundo os próprios amigos do Ex-presidente, ” vulgo “, companheiros, este senhores querem que a propaganda de cigarros, seja liberada, nestas ocasiões, ou seja nada, barra a falta de safardanice, dos nossos, polítcos @#$%¨-*!.
Segundo 0 Dr. Drausio Varella, querer barrar, ou combater o consumo do cigarro, é esbarrar nos lobistas covardes, e safardanas que tem acesso livre e solto no congresso, aliás, porque será que a estrutura dos prédios do congresso tem o formato de colunas verticais, com dois círculos um de cada lado, que tentaram disfarçar colocando-os pela metade, mas o símbolo fálico com certeza lá está só não vê quem é muito ingênuo, e é exatamente isto que, quem bolou tal estrutura, pensava, iria ser o pensamento dos que lá iriam se aboletar, e estes senhores congressistas, ganham o quê, com suas condutas pusilânimes e criminosas, aliás chamar nossos políticos de biltres, de safardanas, mequetrefes, magarefes, &*%$#@~, não os atinge pois, a irmandade que os reune em suas sub-reptícias carreiras, regadas, á dinheiro, que se esvai pelo ralo da impunidade, da capangagem, de grupos que se dizem partidos político quando na verdade, ao vermos ministro após ministro ser pego com “batom na cueca”, digo grana na meia, na cueca, nas bolsas das madames que por suas amizades e por ser da mesma laia dos que a inocentaram, e ao vermos passar leis , que matam ou infernizam vidas, e para eles, nada os incomoda, a não ser se resolverem mexer em suas traquinagens, chamadas emendas parlamentares.
Basta vermos, que em qualquer lugar onde cimento, areia, ferro de contrução, madeira, prego etc., seriam utilizados em obras públicas, lá estará o famigerado superfaturamento, e eu me pergunto, por que será que politicanalhagem, hoje virou profissão, e mais, porque será que 86,14% dos politícos dos poderes legislativo, executivo ou do juciário, estes senhores acham que todo dinheiro público épara ser rateado entre eles, além de seus salários ” pornográficos “, auxílio isto, aquilo e aquilo outro, aumentos imorais, que votam nas madrugadas, eles ainda se aacham no direito de invadir as verbas da saúde, da educação, dos salários via imposto de renda, que cobram, excorchando até aposentados, que já foram espoliados quando estavam em folhas de pagamentos. Quer saber chega meu velho esômago está revirando só de falar a palavra político. Até………

Apenas falando

16 de novembro de 2011

Título da edição 297 da Super Interessante de nov|2011, em sua capa:
TENTAÇÃO – PORQUE RESISTIR É TÃO DIFÍCIL.
Ser tentado hoje em dia, passou a ser algo visto como normal; todos queremos algo, e o prêço a ser pago, deixou de ser impecilho, se olharmos o facilitador que se oferece, dizendo que tudo é questão de bom gosto, ou de ser feliz, ou de ser mais bela (o), ou a oportunidade que se encontra para se obter bens, é hoje o que seria impensável há poucos anos atrás, mansões, casas, barracos etc…, os elétro-domésticos que um tem, os demais com algum esfôrço também podem ter, isto se falarmos de marcas encontradas nos mercados. São TVs, celulares, computadores, geladeiras, máquinas de lavar etc…!
O que se busca, com todas as forças, e empenhos, com todos os sacrifícios é: TER , eu quero, eu vou ter, outros têm eu também posso ter.
O que não se discute, é até qual, limite se vai alcançar, nesta frenética busca pelo prazer de se ter. Um americano em visita ao Brasil, ele se viu com certa indignação, ao ver que o brasileiro, paga o que se pede por algo sem negociar, por artigos ás vezes supérfluos, apenas para ser mostrar, e dizer o meu é melhor porque custou mais, e eu mereço o melhor.
Diz a revista; ” SENTIR PRAZER É TÃO VICIANTE PARA O CÉREBRO QUANTO USAR DROGAS. POR ISSO É TÃO PERIGOSO”.
O homem em suas aprendizagens, ele teve contato com uma religião, e falamos em religião quando ela é Cristã, outras lidam com seus desejos de forma e conteúdo de maneira a se adequar, á seus princípios.
Mas voltando ao possível, e humanamente racional, o homem faz uma oração de adoração á DEUS, que em um momento esta oração diz: ” … E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal, Amém!”.
A hipocrisia a que está submerso o homem, deixa bem claro que Deus, é quem deve se esforçar, para livrar o homem da tentação e portanto do mal, pré-suposto que advirá de suas investidas pela obtenção de suas cobiças, quanto ao homem, ele, apenas irá dizer após se afundar nas consequências de suas aventuras, que a carne é fraca, quanto a adulterar, que ele merece tudo de bom, pois se mata de trabalhar, etc. etc…! O que o homem não busca, é ser racional, razoável e sensato, pois o que seus olhos veem, é sua meta, e seu alvo a ser conquistado.
Existe uma visão clássica, ás vezes mostradas em desenhos animados, que mostram em um ombro está um anjo a dizer, ” RESISTA,NÃO CAIA NESTA TENTAÇÃO “, e, no outro ombro um diabinho, que que diz o tempo todo: ” Vai lá, voce merece, é a sua cara, voce pode ter; olha o seu vizinho, ele ganha menos e tem tudo que quer, que mal há em querer?”.
Quando falar não? A pergunta que se deveria fazer é: porque querer algo, e se eu realmente preciso do que estou querendo comprar. A resposta mais óbvia, deveria ser: OLHE O FUTURO!, seu emprêgo é eterno? Voce ficará saudável para sempre? E, não me venha chamar de pessimista, de derrotista, o que se vislumbra é que o mundo está em crise, e nós fazemos parte deste mundo mesmo que o diabinho diga que o Brasil é hoje a terra prometida, e que estamos melhores que o restante do planeta, não se esqueça que temos o: PMDB, O PSD ( DO JÁ SABE ), PDT, O PC DO B, O DEM ( ou sua carcaça) podre que está restando) E O P T , O EX IMPOLUTO, e hoje igualzinho aos demais salvo poucas e raras excessões, e se isto não bastar, lembre-se que o que compras hoje, o que é seu sonho hoje, amanhã será obsoleto, fora de linha, e seu vizinho em algum momento tera algo que voce não tem; Deus te dá liberdade de querer, apenas te pede coerência, em sua tentações, lembre-se: existe o futuro, e ele está além de suas investidas e voce pode mudá-lo, apenas olhando o seu passado e seu presente e se perguntar: EU PRECISO REALMENTE DE TUDO ISSO QUE ESTOU COBIÇANDO?. Pense, reflita, ou então pare de orar o PAI NOSSO, e seja menos HIPÓCRITA.

Falandosobre religião:

9 de novembro de 2011

Religião, nos dias atuais, mostram apenas, a auto ajuda, Homens falando o que as pessoas querem ouvir, e pessoas sem preocupação alguma em saber, que, se hoje pessoas são livres para escolher, sua doutrinação, isto se deve a alguns abnegados da fé, que deram passos, na direção da palavra real, aquela que as escrituras mostram, sem transgredir, ou macular o entendimento, do que nos deixou escrito, nosso Criador.
Entre os benefícios, de estudar o passado, seria uma forma de se entender o presente, e modificar o futuro, áqueles que não têm passado, e nem mesmo presente.
Escolas dominicais, deveriam se preocupar com os rumos do estudo das religiões, e mostrar quem iniciou, quem representou de forma correta, as Escrituras, para as atuais, dezenas, sei lá!, talvez centenas de Placas de igrejas, que apenas fazem leituras e de forma precária, as interpretam, e todo o passado dêsde a divisão doutrinária, que se deu, após CONSTANTINO, lá pelo século IV, quando este imperador, declarou que seu império á partir dele seria de adoção do Cristianismo.
E, á partir daí, começou um ciclo de interpretação das escrituras, mais baseado no entendimento humano, do que inspirado pelo Espírito Santo, e após isto, se instalou a idolatria que, com o passar dos anos se enraizou nos cultos cristãos romanos.
A confiscação de templos pagãos pelo Império, que os transferiam para á igreja romana, e o império tinha dificuldade em governar para “cristãos”, e pagãos, pois ambos pagavam seus impostos, cumprindo seus deveres normalmente. E o que se via era que o Estado, e a Igreja se misturavam, em seus interesses, e tinham dificuldade em administrar conflitos, igual ao que se deu em Roma no ano 366, que segundo relato de autor pagão, o resultado do conflito, foram 3.000 mil mortos, e o episcopado com dois candidato, se enfrentaram no interior de uma igreja, com este triste resultado, de perdas de 3.000 mil vidas.
Nos dias atuais, pouco se busca saber do passado, pois O CRISTO que é mostrado, parece produto, e não A PRIMÍCIA SAGRADA, que deveria se mostrar, e com o devido respeito.
Povo sem passado, patina no presente, e, não vislumbra seu futuro. Preguiça espiritual, desinteresse espiritual, desinformação e omissão, são fatôres que levam as pessoas a se manter cegas e presas em doutrinas vãs, de ondas, de modismos e de cerceamentos, que, fogem ás escrituras e á verdadeira pregação, pois os pregadores se preocupam, tal qual os clérigos e os sacerdotes do romanismo do princípio do cristianismo, e coloco no mesmo balaio, igrejas reformadas que aos poucos vão se assemelhando as igrejas sem propostas concretas, e que ainda hoje vivem com se estivessem sob o domínio de Constantino. ACORDA POVO REFORMADO!…MOSTRA SUA CARA E SE TIVER, TAMBÉM, MOSTRE SUA VOCAÇÃO.

Falando sobre drogas

5 de novembro de 2011

Quando nos dispomos a falar sobre outras pessoas, o mundo fica tão fácil, todos os problemas têm solução, e se não resolvem, é porque são…, e assim nós vamos facilitando, tudo o que é fácil.
Há poucas horas atrás; ainda hoje, estava na Igreja, hoje é dia de trabalho, junto á dependentes químicos, todas as sextas-feiras, alguns dentre os membros da igreja, e dentre estes, alguns são saídos do mundo insano que é lodaçal do mundo das drogas.
Nos reunimos e recebemos pessoas que buscam, um novo rumo, uma nova vida, uma nova oportunidade para recomeçar uma nova história.
São dezessete anos, nesta meta, nesta busca de vidas que por falta de portas abertas, nesta direção, continuam na direção rumo á morte. Hoje estivemos com pessoas que, por escolha própria, buscam ajuda, e nós com a Fôrça, e a direção de DEUS, nos desdobramos em falar com estas pessoas no intuito de lhes mostrar através de testemunhos daqueles que já passaram pelo mesmo que eles hoje passam, e podendo dizer-lhes que se eles conseguiram, eles também podem, tem este direito, este direito é dado á eles Pelo mesmo que libertou, aqueles que com eles falam, e falam do Amor de DEUS, que é a única arma capaz de libertar do mundo “imundo”, perdoem o trocadilho, mas só a Mão de DEUS tem este poder.
Enquanto falamos com eles, olhamos cada um deles, e enxergamos, não uma pessoa, mas vemos através deles, toda uma família que desmorona, ao redor deles, e eles, não enxergam, cegos que estão pelo vício. Quando dizemos ser fácil falar com os outros, de como é possível sair, fica fácil a partir do momento, em que nós já saimos, deixamos bem claro que NÃO É FÁCIL, pois ter que tomar uma decisão neste sentido, depende de coragem, e se fosse fácil, não teríamos que nos reunir á eles, todas as sextas-feiras, eles mesmos sairiam por conta própria, da enrascada, em que se enfiaram.
Dizer: ” Saia desta vida, que Jesus te ama, e quer ver você feliz!”, fácil, não?, mas Jesus pode sim, pode desde que o dependente queira, pois a família quer, os parentes querem, nós que ali estamos queremos, e DEUS, quer muito mais ainda.
Mas, dizer a estas pessoas o forma de sair, não é necessariamente, toda a solução, ouvir o que já sabiam antes de se refestelar em drogas, ouvir durante o tempo todo em que usam, e dizer-lhes: ” Olha o Edmar saiu, o Cirílo saiu, e nem foi para chácara alguma, o Aldo saiu, eu saí, mesmo que tenha apenas saído das “HAPPY-HOURS”, vulgo, beber socialmente, e outros mais sairam, mas falar á estas pessoas que irão lutar contra esta vontade até último dia de suas vidas, soa como contradição, pois dizer-lhes que com ajuda de JESUS, é suficiente, fica parecendo, que é como mágica, mas o que torna difícil, e é preciso ser o mais transparente possível, é exatamente isto: “Voces irão lutar com vocês mesmos, contra sua vontade, contra a fissúra, e contra a carne, e suas fraquezas, pois aquele que os manteve nesta escravidão, irá atacar, minutos, horas, dias , mêses, anos, décadas, etc…, até o último dia de suas vidas, assim será, ataques após ataques, e somente com o poder maior de quem o possui, e quem o possui é JESUS, creia ou não, é assim, sua crença lhe diz que tudo o que lhe disseram é que uma vêz dependente, será assim para sempre, pois a medicina confirma assim, e não estão de todo errados, pois é justamente isto que dissemos sua dependência só muda, de Química, para ESPÍRITUAL, e assim será, como dissemos até seu último suspiro, sai a droga, e entra a salvação, sai a droga e entra a solução, para atravessar todas as dificuldades, e bóia de salvação no oceano do vício, é JESUS, ele até o fim.
Fácil?. Andar com JESUS, é fácil se voce crer, e depositar sua vida em suas Mãos, caso contrário, o que é difícil, fica mais difícil ainda.

Falando sobre drogas

4 de novembro de 2011

O processo de recuperação de um dependente químico, envolve aspectos de tratamento, que passa por questões envolvendo, lógicamente o dependente; sua real vontade, e é observado o fator humano, onde o dependente, vai ser avaliado, em seu estágio, de dependência, sua situação familiar, sua saúde, suas pendências jurídicas, e no período de observação, seu comparecimento ás palestras e sua reação quanto á seu desempenho, e sua sinceridade, demonstrada nas suas respostas, ao ser indagado sobre vontade real de sair, desta enrascada para uma vida melhor, uma vida real.
Quanto a internação, ela só se aplica quando o quadro social do dependente, e sua condição física, requer tal procedimento. E é deixado bem claro que a chácara não é o fator primordial neste processo, a internação se dá quando o quadro do dependente, requer seu afastamento, por questões de sua integridade, se seu gráu de dependência está tão avançado que requer um afastamento temporário, de seu círculo familiar, e de amizades, e para que sua rotina seja modificada.
A família do dependente precisa também passar por um estágio de modificações, que envolvam, sua maneira de encarar o problema, de lidar com o familiar. Sem que a família passe pelo processo de mudanças que podem ser detectadas, em palestras, encontros, e observado seu gráu de culpa no processo de acirramento dos ânimos, do dependente, que normalmente precisa de atenção sem ser paparicado, é necessário que a família tenha noção de todos os fatôres que envolvem o agravamento do consumo de substâncias tóxicas.
Existem fatôres emocionais, psicológicos, espirítuais, e este nem sempre é demonstrado, em suas reais demonstrações, fato este que só é realmente esmiúçado em contato com entidades e associações, que por ter um cunho religioso, tal possibilidade é explicada e demonstrada em testemunhos sérios, e reais.
Algumas famílias tem resistência em buscar ajuda de entidades ou associações, que buscam mostrar, que se uma pessoa já andou em lugares os mais duvidosos, quanto a eficiência, já gastou com clínicas que em alguns casos, são merecedoras de confiança, porém, algumas são tão irreais em seus fundamentos, ao trocar o uso de drogas ilícitas, por drogas lícitas, mas de eficácia que são quase inóquoas.
As chamadas chácaras EVANGÉLICAS, em alguns aspectos são mal vistas, pela existência de de pessoas que por falta de escrúpulos, usam o dependente, como fonte de renda, tal são as somas cobradas, por internações que logo se mostram ineficázes, que ao devolver o dependente, após um período recluso, logo tem a chamada RECAÍDA, pois apenas tratam o dependente, como um doente, e realmente ele o é, mas tratar só o físico, é ineficaz.
Existem chácaras cuja confiabilidade é quase total, pois depende também do dependente, e de seu total envolvimento em sua recuperação. Eu não entendo, quando pessoas, que não professam a fé cristã, tentam de tudo e sem resultado prático, desistem, e ao ser oferecida ajuda de entidade de cunho, PROTESTANTE, EVANGÉLICO, PENTECOSTAL, NEOPENTECOSTAL, as pessoas de fora destas denominações, simplesmente desistem, e eu pergunto: ” É melhor um filho drogado, atazanando, infernizando toda uma família, ou ter um filho,livre de todas as drogas, de todos os vícios, e convertido ao verdadeiro CRISTIANISMO, E EM PAZ, E HARMONIA, E RECOLOCADO NA SOCIEDADE. O que se pede é que se reflita, dê uma chance ao dependente, deixando-o escolher, entre a vida com uma nova visão de vida, ou uma pessoa escravizada pelo mal, em todas as suas faces e perversões, que vão da mentira, do cinismo, da perda do caráter, da dignidade, do amor próprio, e podendo em circunstâncias mais agudas, chegar aofundo do poço, indo á uma overdose, que pode matá-lo, deixá-lo vegetando, inválido, ou indo a morte, pela mesma overdose, pelas mãos de traficantes que matam por dívida de cinco reais ( R$ 5,oo ), ou pela polícia em confrontos devido a associação com assaltantes que roubam de maneira mais agressiva, para ter mais poder de compra, ou na ilusão de ter uma vida confortável.
Dependência Química é doença, física e espiritual, e em suas frentes, deve ser tratada de maneira a curar em suas duas etapas, pois curar só uma não dá resultado, e quem fala conhece todos os resultados, por estar há dezessete anos ( 17 anos ), nesta jornada, convivendo com todos os tipos de pessoas, em em todos os estágios da dependência. Creia, o lado espiritual, corresponde á quase 80% ( Oitente por cento ), da causa de prender a pessoa nestas circunstâncias. E em alguns casos, verifica-se que nem sempre Deus está permitindo que uma pessoa atravesse tamanho sofrimento, para se reerguer, pois em muitos casos o dependente é usado, e protegido por Deus, em sua integridade, para que famílias inteiras sejam buscadas e confrontadas em suas crenças; que Deus, as quebranta, tal qual foi o trato que culminou com o caso de J Ó, que no final de sua história, vimos que Deus age á sua maneira, e segundo sua vontade, e ir contra seu querer, e agir, é negar a si próprio, pois se quer Deus te abençoando, por que não demonstrar fé, amor, e alguma renúncia, em nome de um resultado cem porcento ( 100% ), possível. de se obter sucesso nesta jornada que não é só do dependente, mas envolve toda uma família. em todos os seus estágios, sejam eles quais forem.

Falando sobre religião

1 de novembro de 2011

Dia 29 de outubro, comemoramos o dia da REFORMA PROTESTANTE, uma data que milhares de PRESBITERIANOS, sejam Independentes do Brasil, conservadores, etc…, estes , nem ao menos sabem quem foi MARTINHO LUTERO, JOÃO CALVINO, ULRICH ZUÍNGIO, MENNO SIMONS, WYCLIFF, JOÃO HUS, ETC..
Hoje todos são: evangélicos,( alguma coisa contra? não!), apenas gostaria que, os reformados, respeitassem os Reformadores, que doaram suas vidas á uma causa, que nos concedeu nos dias atuais,o privilégio, de ler sua, nossa Bíblia sem que corramos riscos de algum católico romano, me, nos denuncie a santa inquisição.
Até os anos sessenta, e meados de setenta, ou éramos, crentes, cristãos ou PROTESTANTES, e hoje a maioria sem saber, ou sem coragem de se dizer PROTESTANTE, se esconde atrás do nome evangélico ( alguma coisa contra? Não!), apenas me alegro de que exite uma tradição, um passado, uma linhagem de homens que se doaram, para que nós pudéssemos hoje, nos reunirmos como Igreja, sem temer repressão.
Não é a denominação que te salva, e sim JESUS, mas, sem disciplina, sem tradição, nos tornamos presas fáceis de conceitos que ferem, nossa tradição de Reformados, pois o termo evangélico, há somente uma centena e poucos anos, se firmou em novas denominações, e aqueles que outrora eram PROTESTANTES, hoje, enterram suas raízes reformadas e se juntam em um mesmo balaio, onde estão todos os pentecostais, e os neo-pentecostais, (algum coisa contra? Não!).
Eu me apresento, como Pesbiteriano, crente, ou CRISTÃO, mas, evangélico, não! (Algo contra? Não!).